critérios e escolhas

Escolhendo o nome do bebê

11:45

Tem gente que sonha com o nome do filho desde a infância, mas há quem fique totalmente perdido na hora de tomar a decisão. Não escolheu ainda? Passei por essa dificuldade também e vou tentar te ajudar, ok? Elenquei alguns critérios para facilitar a sua tarefa!

Minha gravidez - 31 semanas! Foto: Thaís Ribeiro
1.      As pessoas vão te pressionar um pouco para você escolher o nome. Relaxe! Você tem toda a gestação para fazer isso! Aliás, você pode escolher o nome assim que olhar para o rostinho do seu bebê. Não se preocupe se isso pode atrapalhar o “bordado” do enxoval. Definitivamente, isso não é o mais importante. E fique à vontade também se no meio do processo você resolver mudar o nome. As pessoas logo vão se acostumar com o novo nome. Acredite!

2.      Olhe muitas listas! Você pode se encantar com um nome que não lembrava que existia ou que não conhecia.

3.      Escolha umas cinco fotos de bebês lindos na internet ou revista. Pense neles com o nome que você pensou. A personificação às vezes ajuda.

4.      Veja se a sonoridade do nome te agrada. Combine com cada um dos sobrenomes para verificar se vai ficar estranho. Fale o nome em voz alta, se imagine chamando o seu filho.

5.      Veja também a grafia do nome. É bonita? É fácil? Vai dificultar a vida do seu filho? Ah! Se possível, evite dobrar letras!

6.      Pense nos possíveis apelidos. Te agradam? Você não terá controle sobre isso. As pessoas poderão apelidá-lo do que sentirem vontade.

7.      Vai querer homenagear alguém da família? Cuidado com os nomes “velhos”.

8.      Verifique se o nome está muito comum, porque na escola ele pode acabar sendo chamado pelo sobrenome. Se isso não te incomoda, tudo bem!

9.      Quais associações você faz com o nome? Quando ele também funciona como adjetivo isso pode te incomodar.

10.  Não peça a opinião de todo mundo. A decisão é dos pais. É difícil agradar a todos.

11.  Não queira ser muito original a ponto de causar constrangimento ao seu filho. Cuidado com nomes estrangeiros!

12.  Pergunte a uma pessoa que tem o nome que você escolheu se ela gosta do nome.

13.  Não se impressione pelos nomes “de moda”, escolha o que você gostar, mesmo que não esteja em alta. Modas passam e o nome fica...

14.  Leve em consideração também o significado do nome.

15.  Prefira não repetir os nomes que já existem na família, mas se você sempre sonhou com um nome e depois descobre, por exemplo, que sua cunhada também, não se acanhe. Você não está imitando ninguém, só está realizando um desejo antigo.


 Alguém aí tem mais alguma dica para a escolha do nome?





You Might Also Like

0 comentários

Que bom ter a sua participação! Volte sempre!

Like us on Facebook