Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2015

Esclarecendo dúvidas com a obstetra

É enriquecedor conversar com especialistas nas mais diversas áreas, né? Para lançar no blog a coluna Profissional Responde, convidei a querida Vera Lobo, a minha obstetra! Ela é chefe do Departamento de Ginecologia, Obstetrícia e Reprodução Humana na Universidade Federal da Bahia (UFBA), tem mestrado na área materno/infantil, é doutora em Reprodução Humana, com ênfase em endometriose, e considera “ser mãe” de César (1985) e Júlia (1987) a sua maior intitulação. Vera fala hoje com a gente sobre fatores que dificultam a gravidez, dá dicas, e esclarece algumas dúvidas relacionadas ao período pós-parto. O uso de anticoncepcional por muitos anos dificulta mesmo a gravidez?  Não dificulta. Independentemente do tempo, em muitos casos até melhora a fertilidade, porque durante o seu uso os ovários  ficam "adormecidos", preservados.  A gravidez é mais arriscada em que faixa etária? Quais são os riscos, para a mãe e o bebê? Existe o aumento de complicações nos extremos reproduti

Nove produtos de beleza para mamães práticas

Tá na correria com os filhotes e buscando um tempo para cuidar da beleza? É hora de ser prática! Hoje indico produtos que uso para continuar sendo Essa Mãe de “salto alto”! Anote aí! Não deu para ir ao salão fazer as unhas? Corte-as no formato que mais te agrada, depois é só lixar e fazer o acabamento com a Cera Nutritiva Unhas e Cutículas da Granado  ou com a Manteiga de Karité Shea Butter da Empório Body Store . Ambas hidratam as cutículas e elimitam aquele aspecto "raspinhento". Fotos: Ingrid Dragone Correu e não conseguiu chegar ao  centro de estética? A limpeza de pele dançou? Use o esfoliante Bem Glô (semente de uva) da Avatim  - o cheiro é maravilhoso! - e depois espalhe Hipoglós em todo o rosto (o cheiro não é dos melhores, mas ele dá uma clareada na pele e confere um aspecto sedoso), deixando descansar por 20 min. Em seguida, retire a máscara com algodão e soro fisiológico, lave o rosto com o gel de limpeza facial Effaclar da La Roche Posay , passe o h

Grávida bonita e sem salto!

Hoje é sexta-feira!!! A gente já começa a planejar os passeios do final de semana! E as gravidinhas, além dos looks para cada ocasião, precisam pensar também no conforto, para aguentar as dores nas costas, o desequilíbrio, e o peso da barriguinha... Com o intuito de convencer aquelas que torcem o nariz para os sapatos baixos, como eu fazia, trago aqui alguns modelos bem lindinhos que usei na gravidez.  A sapatilha é "a namoradinha" das brasileiras. Confortável e versátil, pode ser usada nas mais diversas ocasiões. Olha que delicado esse modelo, cheio de detalhes fofinhos. Fotos: Ingrid Dragone  O sapato de oncinha estilo mocassim não deixava o meu pé. Mulher ama um animal print, né? Outra opção de calçado fechado é o slipper. Ele não agrada muito a ala feminina, mas fica lindo com legging e calça jeans.  O que dizer da rasteirinha? Vai bem com calça, bermuda, short, saia, vestido, macaquinho, além de ser fresquinha. Esse modelo, com a parte de trás fechada, fa

Com bebê? Festa junina em casa!

Eu e meu marido sempre viajamos no período junino, mas esse ano temos uma filhotinha e preferimos ficar em casa e protegê-la da fumaça das fogueiras, do cheiro e do barulho dos fogos de artifício, tudo que no interior da Bahia tem demais! Só que não dá para passar a data em branco, né? Assim...Vai ter forró no nosso cantinho!!! Vamos receber os familiares, bater papo e provar as comidinhas típicas dessa época, no aconchego e com muita felicidade! Para entrar no clima junino, catei objetos decorativos que já tinha e fiz uma ambientação simples, fofinha (risos) e temática. Sou apaixonada por esse quadrinho rústico, que da parede da área de serviço veio parar aqui para florir a festa! Fotos: Ingrid Dragone A bonequinha veio de Maceió e dá o toque na bandejinha de madeira onde coloquei a garrafa e os copinhos de licor.  Não podia faltar, né? E essa cesta cor-de-rosa? Juro que o arraiá não é da Barbie!  Amo esses talheres de madeira! Trouxe da Serra Gaúcha em 2011. Tirei

Essa Mãe agradece!!!

Quero agradecer, de coração, a todos os leitores pelo carinho! Mais de três mil visualizações em menos de dois meses de blog!  Muito bom compartilhar experiências e cuidar de cada pauta, post, e fotografia, pensando sempre em oferecer conteúdo de qualidade e mensagens profundas sobre o sentimento materno.  Aqui é tudo feito com amor e verdade, para que mamães apaixonadas troquem figurinhas!      Amor e verdade em cada detalhe! Coluna Dia & Noite, jornal Tribuna da Bahia, 16 de junho  Destaque no portal de notícias  Mais Bahia , 15 de junho  Bom ter vocês aqui! 

Deixar ser criança

A mãe entra no quarto e vê a pequena calçada com seu scarpin, toda maquiada, e exibindo um longo colar de pérolas. Essa é uma imagem clichê, reproduzida nos meios de comunicação, em filmes, capas de caderno, e até nas casas de pessoas conhecidas. É normal que as crianças queiram imitar os pais, especialmente as meninas, acostumadas a acompanhar os rituais de beleza das mães, tias, primas ou irmãs mais velhas. É natural... E o que não é natural? A infância é a menor fase da vida. Por que transformar meninas em pequenas mulheres? Salto alto, esmalte, vestido justo... Será que boca lambuzada de chocolate combina com batom vermelho? Foto: Ingrid Dragone Vamos pensar na menina que, com os pés ainda distantes do chão, permanece sentada num canto da festa para não sujar o vestido. Na menina que faz pose sensual para ver sua foto postada e curtida nas redes sociais. E naquela que troca o parque pelo salão ou a praia com os familiares pelas compras no shopping. Que tipo de sentimento

Lavando as roupinhas do bebê

Baba, suor, xixi, cocô, golfadas e restos de sopinha e frutinhas. Tudo isso vai "batizar" as lindas roupinhas que você comprou para o seu pequeno. O volume de roupas sujas é imenso e a gente precisa, além de ser prática, tomar cuidado para manter a saúde da pele do bebê (evitar dermatite) e conservar o enxoval. Trago hoje um post com dicas para a ajudar nessa tarefa. Anote aí! Primeiro, pense na possibilidade de usar a máquina de lavar roupas. Não tem problema algum, desde que você faça lavagens apenas com as roupas do bebê e, de tempos em tempos, limpe a máquina (vazia!) com água sanitária (derrame umas três tampinhas do produto e programe uma lavagem normal). Além disso, compre um varal de pé. Lembre-se das roupas da família e de cama, mesa e banho. Coloco o meu varal portátil na varanda quando a demanda está muito grande. Cuido para que não fique lá se tenho visitas. Fica feio... rs   Se as roupas secarem ao sol, melhor ainda. Fotos: essa mãe que vos fala! Com

Solução para a queda dos cabelos após o parto

Três meses depois que a minha filha nasceu os meus cabelos começaram a cair muito. Tinha a horrorosa sensação de que ficaria careca. Comecei até a lavar menos as madeixas para não ver tantos fios me abandonando. Meu marido disse que ia fazer uma peruca com os tufos que encontrava diariamente por toda a casa. Apesar de assustadora, a queda é normal nessa fase e ocorre porque os hormônios estão voltando ao normal. Ah! O nível de queda varia de mulher para mulher. Tomo o suplemento após o café da manhã e o almoço. Foto: Daniel Queiroz (o papai) Mesmo sabendo disso, estava incomodada; queria, além de acabar com a queda, fazer mechas (a gente fica doida para mudar o visual depois de ter neném!), só que fiquei insegura, com receio de perder mais fios. Então, seis meses após o parto, pedi um help a minha ginecologista. Ela indicou o suplemento vitamínico Exímia Fortalize. Recomendou que eu tomasse dois comprimidos por dia (a caixa tem 30). Isso para as duas primeiras caixas. Para a

Três looks juninos para meninas!

Amo o período junino! A música, o friozinho, as comidas típicas e os trajes!!! As festinhas já estão começando por aí, nas escolinhas, nas casas dos amigos e familiares, e a gente já corre atrás de uma roupinha temática para os pequenos. Ontem eu levei a minha baby ao primeiro arraiá dela! Aproveitando o clima, trago neste post três sugestões de looks, fugindo do tradicional xadrez (que também é lindo!), para inspirar mães de meninas. Minha bebê tem pouquinho cabelo e achei que um chapéu faria toda a diferença no traje dela. Eu mesma enfeitei esse, colocando detalhes na cor do vestido e um pingente de flor. Para ficar seguro na cabela, prendi por dentro uma malha de "meia calça", própria para tiaras de bebê. Dica: coloque o chapéu de ladinho, para ficar bem charmoso! Fotos: essa mãe que vos fala! O vestido não é "de São João", inclusive, foi meu (tão gostoso ela vestir uma peça que eu usei!). Com ele, a minha bebê fez o estilo "caipira prin

Enrole o bebê! Ele gosta!

Temos aqui o primeiro post “prático” do blog Essa Mãe!!! Uhuuuu! Para começar, apresento a Betina, que vai pintar por aqui de vez em quando. Hoje ela me ajuda a mostrar como se faz o “charutinho de bebê”, aquele mesmo do tempo da vovó! As mamães estão aderindo ao recurso novamente! Eu amei a experiência, minha filha ficava calminha... Mantive o hábito por quase dois meses, especialmente no soninho da noite. Olha a Betina aí, geeeeente! foto: Daniel Queiroz (o papai) O charutinho remete o recém-nascido à sensação de segurança do útero materno e evita os “sustos” (o que se chama de Reflexo de Moro) causados pelo choque com o novo ambiente. Já viu como o bebezinho fica com os braços descoordenados? Esses movimentos involuntários acontecem com muita frequência, fazendo até o bebê chorar e acordar. Claro, na barriga da mãe ele ficava todo apertadinho, quentinho e limitado. Não é fácil se acostumar com essa “liberdade” toda de uma hora para outra, né? E agora chega de blá blá