Gravidez

Grávida a bordo

16:45

Eu e meu marido amamos viajar e, grávidos, não abrimos mão do nosso hobby preferido. Depois que o bebê nasce fica mais complicado, né? Na época, fizemos algumas pequenas viagens (interior da Bahia e ilha) e no segundo trimestre da gravidez, durante as férias, curtimos a casadinha São Paulo – Campos do Jordão.

Para "paulistar", escolhemos o mês de agosto, porque gostamos do friozinho e também porque eu estava no quinto mês de gestação, período em que a mulher normalmente fica mais disposta, sem enjoar, e o risco maior de aborto já passou. Quanto ao destino, optamos dessa vez por não ir ao exterior. Pensamos que no caso de alguma intercorrência relacionada à gravidez seria melhor estar no Brasil. 

Em São Paulo, ficamos hospedados na Av. Paulista, perto do metrô, o que facilitou a locomoção. De qualquer forma, andamos muito mais de táxi por conta da barriguinha. Num roteiro de três dias, incluímos os seguintes passeios: Feira de Antiguidades na Praça Benedito Calixto (interessante), Restaurante Ráscal (pizza gostosa!)Museu da Língua Portuguesa (gostei bastante), Pinacoteca (almoçamos por lá), Praça da Sé e Estação da Luz (programa de turistão), Mercado Municipal (recomendo o feijão com filé e batata frita do restaurante Brasileirinho), espetáculo O Rei Leão, da Broadway (infelizmente não está mais em cartaz), restaurante Famiglia Mancini (jantar maravilhoso! O gnocchi dá para dois e é bom demais!), padaria Bella Paulista (café da manhã diariamente) e restaurante Spot (bom, mas achei barulhento). 

As frutas do Mercado Municipal são maravilhosas! Fazem jus à fama! A gravidez foi uma grande vantagem nessa hora! Fui bastante paparicada pelo rapaz da barraca (risos). Nunca provei um kiwi tão doce!
O almoço no café da Pinacoteca foi muito agradável.
Interessante a Feira na Benedito Calixto. Infelizmente não conseguimos almoçar em um dos restaurantes do entorno. Todos com longas filas de espera.

Conclusão: gostei da viagem, mas fiquei cansada. A cidade é muito grande e por mais que você tente fazer programas tranquilos, acaba andando bastante e pegando alguns tumultos.

Em Campos do Jordão, o roteiro foi de cinco dias (teríamos feito em menos tempo), incluindo: Palácio Boa Vista (visitamos o museu e gostamos), Museu Felicia Leirner (bonito), Cervejaria Baden Baden (lugar badalado, mas não gosto de cerveja, e estando grávida, obviamente, não beberia), Parque Amantikir (dá para tirar lindas fotos), Morro do Elefante (programa de turistão), Ducha de Prata (idem), compras no comércio, sorveteria Bruno Alves (todo dia era dia de picolé de chocolate com menta!), Pastelão do Maluf (muito cheio!), Restaurante Festival della Pasta (pão italiano delicioso, feito na hora!), Centro de Capivari (mil voltas por lá) e shopping gourmet Patio Paris (tomei muito chocolate quente).

Passeio gostoso no Palácio Boa Vista.
O Amantikir é lindo! Sou suspeita, amo jardins!
Amantikir
Vista da pousada.
Varanda do quarto com vista para a Serra. Boa pedida para grávidas. Relaxar depois de um dia de passeios é importante.
Olha o mascote da pousada! Ele faz sucesso!
Museu Felicia Leirner: caminhar e apreciar. 

Conclusão: Ótimo para mim. Deu pra descansar e passear. Ficamos hospedados na pousada Alto da Boa Vista, aproveitando o clima romântico da Serra. Foi bom ficar longe da ‘badalação” do centro. Independente da distância do hotel, lá é bom alugar um carro.

E aí? Que tal uma despedida da vida a dois?


You Might Also Like

0 comentários

Que bom ter a sua participação! Volte sempre!

Like us on Facebook