Pular para o conteúdo principal

Sopinha da vovó

Quando o bebê completa 6 meses, o pediatra indica a introdução de sopinha na alimentação. Para iniciar a minha filhota nesse novo mundo, recorri à vovó Tatá, que me ensinou uma receita de sopa de carne com legumes super fácil e gostosa (mesmo!). Se você está vivendo essa fase, pegue caneta e papel e anote aí!

Fotos: Ingrid Dragone
Ingredientes

1 batata média
Metade de uma cenoura
1 porção de carne (uso alcatra)
Coentro
Manteiga (meia colher rasa de café)

Olha aí o pedacinho de carne, comparado com uma colher de sopa.

Modo de preparo

Limpe a carne com cuidado para que não fique nenhum nervinho. Lave os legumes. Descasque a batata e a cenoura (tire aquela parte do meio, ela pode alterar o sabor da sopa), e corte as duas em pedaços pequenos (para favorecer o cozimento). Lave o coentro direitinho para não ficar nenhuma "terrinha" e use somente as folhas.

Legumes na panela.

Refogue a carne na manteiga, depois acrescente o coentro e os legumes. Coloque água (de preferência fervida para não endurecer a carne). A quantidade de água vai depender da consistência que você quer dar à sopa. Eu prefiro mais cremosa e a panela que uso (reservei uma só para a comidinha da bebê) é pequena, assim, coloco um copo americano e meio. O passo seguinte é cozinhar até que os legumes estejam macios (teste com um garfo). Em seguida, bata bem no liquidificador. Coe, se achar necessário. Para garantir o cozimento (principalmente da carne), despejo novamente a sopa na panela e dou uma "requentada".

Sopinha nutritiva e saborosa!

Deixe esfriar e sirva morninha. Detalhe importante: até o momento seu filhote estava habituado a tomar leite somente, então faça da hora da sopinha um momento divertido para ele. Use utensílios coloridos, cante, faça a novidade parecer legal! Assim como tem bebê que aceita facilmente o novo alimento, tem aquele que faz cara feia e rejeita mesmo.

Ah! Essa receita também pode ser feita com frango.

Instagram: @blog.essamae

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dezesseis dicas para ajudar o bebê a dormir melhor

Uma das coisas que deixam qualquer mãe muito cansada (e até estressada) é o sono intranquilo ou irregular do bebê. Na verdade, é impossível criar uma receita infalível e adaptável a todos os casos, pensando em fazer a criança dormir melhor. Os bebezinhos, como nós, são pessoas (!), com suas dificuldades, manias, vontades e particularidades. Para tentar ajudar quem está passando por essa fase de noites mal dormidas, vou listar alguns truques simples, todos testados com minha filha e com bons resultados. Anote aí!

1. No início, o bebê tende a trocar o dia pela noite. Assim, desde que ele nasce, é bom ensinar o que é dia e o que é noite. Durante o dia ele deve cochilar com a luz natural e acostumado com todos os sons da rotina da casa. Já à noite, defina um horário, escureça o quarto (pode ser parcialmente, se preferir) e diminua o volume. Fiz isso com minha filha, definindo o game over às 20h. Coincidentemente ou não, é o horário que ela dorme diariamente até hoje (ela tem 10 meses).
2. O…

Campanha Lave as Mãos para Pegar no Bebê!

Atenção, mamãe! Não ligue se a sua visita (gente da família ou não) torcer o nariz por "precisar" lavar as mãos para pegar no seu bebê. Percebi que, especialmente, as pessoas mais velhas apresentam maior resistência a esse tipo de pedido, acham frescura. Passar álcool em gel depois da lavagem das mãos? Colocar uma fraldinha em cima da roupa para carregar o bebê? Piorou ainda... E qual o seu papel nessa hora? Ser firme e zelar pela saúde do seu filho! 
Você sabia que existe o Dia Mundial da Higienização das Mãos? Pois é! Todo 05 de maio as campanhas se intensificam, lembrando que o simples ato de lavar as mãos previne doenças como infecção nos olhos, infecção estomacal e respiratória, gripes, resfriados, diarreia, doenças de pele, dor de garganta, infecção no ouvido e erupções na pele. Segundo a UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância) - instituição da ONU (Organização das Nações Unidas) - e a OMS (Organização Mundial da Saúde), é possível reduzir em até 40% a incidênc…

Fotos do seu filho que você não deve postar nas redes sociais

Está rolando nesta semana uma brincadeira nas redes sociais chamada "Desafio da Maternidade". Trata-se de uma corrente em que as mães marcam outras dez grandes mães, assim por elas consideradas, em suas linhas do tempo do Facebook para que cada uma poste três fotos de momentos que foram marcantes para elas no quesito "ser mãe". O assunto gerou um pouco de polêmica e até há uma suspeita de que a tal corrente tenha sido criada por um grupo de pedófilos para a "coleção" de novas fotos de crianças e divulgação dessas imagens em sites "indevidos". Boato ou não, a questão é que cada mãe toma sua própria decisão sobre postar ou não as fotos dos seus filhos nas redes sociais. Bem, a ideia deste texto é apenas orientar as mamães sobre que tipos de fotos dos pequenos nunca postar. 


1. Não poste fotos do seu filho nu - Não interessa se na imagem ele está tomando banho, trocando a fraldinha, ou experimentando uma roupa nova. Os pedófilos gostam de procurar f…