Pular para o conteúdo principal

A incrível habilidade da criança de se interessar por coisas que não foram feitas para ela

É. O título do texto é grande, assim como a frustração gerada por uma simples e eterna constatação das mães. Você vai a uma loja especializada, compra um lindo e caro brinquedo de marca, colorido, cheiro de recursos, e seu filho vai se interessar pela tampa da panela! Como se não bastasse, até quando ele gosta do brinquedo, rapidamente enjoa e sua curiosidade por outros objetos logo surge.  

Num sábado desses, fui com meu marido para cumprir um check list enorme, que incluía, entre diversos itens, um tapete emborrachado, brinquedos de montar, e um pianinho. Cheguei em casa toda satisfeita, ciente do grande bem que faria a minha filha com aqueles apetrechos indicados para a idade dela. E o que ela quer mesmo? O meu par de sandálias Havainas, o frasco de álcool em gel, e o pacote de guardanapos.


Foto: Ingrid Dragone 

Sabe quais são os passatempos prediletos dela? Morder o cinto de segurança do carrinho e chupar etiquetas! Não pode ver uma etiqueta, de roupas ou mesmo dos próprios bichinhos que dou para ela brincar. Fica naquela babação e eu, de cá, meio decepcionada com as expectativas que criei.  

Bem, parando pra pensar direitinho, pode ser uma vantagem o interesse das crianças por coisas que não foram feitas para brincar... Você sempre terá novidades em casa para oferecer! Que tal encher uma garrafa pet com grãos de feijão? Fazer pilhas de Tupperware? Juntar um monte de roupas num canto e soltar o pequeno ali? Talvez seja uma boa oportunidade de exercitar também o lado "mãe criativa".



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dezesseis dicas para ajudar o bebê a dormir melhor

Uma das coisas que deixam qualquer mãe muito cansada (e até estressada) é o sono intranquilo ou irregular do bebê. Na verdade, é impossível criar uma receita infalível e adaptável a todos os casos, pensando em fazer a criança dormir melhor. Os bebezinhos, como nós, são pessoas (!), com suas dificuldades, manias, vontades e particularidades. Para tentar ajudar quem está passando por essa fase de noites mal dormidas, vou listar alguns truques simples, todos testados com minha filha e com bons resultados. Anote aí!

1. No início, o bebê tende a trocar o dia pela noite. Assim, desde que ele nasce, é bom ensinar o que é dia e o que é noite. Durante o dia ele deve cochilar com a luz natural e acostumado com todos os sons da rotina da casa. Já à noite, defina um horário, escureça o quarto (pode ser parcialmente, se preferir) e diminua o volume. Fiz isso com minha filha, definindo o game over às 20h. Coincidentemente ou não, é o horário que ela dorme diariamente até hoje (ela tem 10 meses).
2. O…

Campanha Lave as Mãos para Pegar no Bebê!

Atenção, mamãe! Não ligue se a sua visita (gente da família ou não) torcer o nariz por "precisar" lavar as mãos para pegar no seu bebê. Percebi que, especialmente, as pessoas mais velhas apresentam maior resistência a esse tipo de pedido, acham frescura. Passar álcool em gel depois da lavagem das mãos? Colocar uma fraldinha em cima da roupa para carregar o bebê? Piorou ainda... E qual o seu papel nessa hora? Ser firme e zelar pela saúde do seu filho! 
Você sabia que existe o Dia Mundial da Higienização das Mãos? Pois é! Todo 05 de maio as campanhas se intensificam, lembrando que o simples ato de lavar as mãos previne doenças como infecção nos olhos, infecção estomacal e respiratória, gripes, resfriados, diarreia, doenças de pele, dor de garganta, infecção no ouvido e erupções na pele. Segundo a UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância) - instituição da ONU (Organização das Nações Unidas) - e a OMS (Organização Mundial da Saúde), é possível reduzir em até 40% a incidênc…

Fotos do seu filho que você não deve postar nas redes sociais

Está rolando nesta semana uma brincadeira nas redes sociais chamada "Desafio da Maternidade". Trata-se de uma corrente em que as mães marcam outras dez grandes mães, assim por elas consideradas, em suas linhas do tempo do Facebook para que cada uma poste três fotos de momentos que foram marcantes para elas no quesito "ser mãe". O assunto gerou um pouco de polêmica e até há uma suspeita de que a tal corrente tenha sido criada por um grupo de pedófilos para a "coleção" de novas fotos de crianças e divulgação dessas imagens em sites "indevidos". Boato ou não, a questão é que cada mãe toma sua própria decisão sobre postar ou não as fotos dos seus filhos nas redes sociais. Bem, a ideia deste texto é apenas orientar as mamães sobre que tipos de fotos dos pequenos nunca postar. 


1. Não poste fotos do seu filho nu - Não interessa se na imagem ele está tomando banho, trocando a fraldinha, ou experimentando uma roupa nova. Os pedófilos gostam de procurar f…