Trocando figurinhas

Como funciona a assistência domiciliar pós-parto

11:09

O trânsito na cidade grande, mil tarefas diárias, trabalho. Tudo isso torna a vida da gente cada dia mais complicada. O tempo voa e o estresse chega fácil, fácil. Quando a gente é mãe, o problema cresce! E muito! É preciso dar conta dos compromissos pessoais, profissionais e dos cuidados com a família. Pensando nisso, o mercado voltado para o segmento materno criou um tipo de serviço interessante de atendimento domiciliar pós-parto. Empresas especializadas no ramo de saúde formam equipes de profissionais para auxiliar as famílias quando o bebê nasce. Os pacotes incluem especialidades como pediatria, enfermagem, fonoaudiologia, fisioterapia e nutrição, oferecendo todo o suporte para a adaptação dos pais à nova rotina, e na comodidade do lar. O serviço é disponível para recém-nascidos com e sem necessidades especiais, contempla o período de 30 dias e pode ser contratado até o 15º dia após a saída do hospital.


Foto: Daniel Vaz

Com a orientação da equipe multidisciplinar, por meio de visitas agendadas, a mãe recebe orientações de como amamentar, como se alimentar (já que precisa de energia e hidratação para produzir o leite para o bebê), sobre os primeiros cuidados com recém-nascido, e o bebê passa por avaliações clínicas. Para mamães de menina, é disponibilizado até o serviço de furinho da orelha. Além disso, os profissionais avaliam o quarto do bebê, quanto à organização e segurança do ambiente, e as famílias têm a sua disposição o telefone 24h para orientações e esclarecimento de dúvidas. A ideia é cuidar da saúde e oferecer segurança emocional.

O atendimento domiciliar diminui a exposição do bebê a doenças e ao stress e insegurança do transporte no trânsito de Salvador. Cuidamos do bebê de maneira integral nos seus primeiros 30 dias e também da mãe. Nessa fase, está nascendo uma família e é um período de aprendizado para todos. A amamentação é a dificuldade mais encontrada e estamos preparados para ajudar as mamães e o bebês a aprenderem a se deliciar com esse momento, levando em consideração que o leite materno é o alimento completo para o recém-nascido. Com o acompanhamento semanal, avaliamos até o peso da criança”, explica a pediatra Cindy Oliveira, atuante em uma das principais empresas do nicho na capital baiana, a Assiste Baby, do grupo Assiste Vida, que presta atendimento domiciliar desde 2008.  

Acho a proposta encantadora, porque envolve atenção particular num momento especial da nossa vida. O que a gente quer nesse momento? Receber cuidados, orientações seguras e amparo, não é verdade? 


Leia também:






Instagram: @blog.essamae 





You Might Also Like

0 comentários

Que bom ter a sua participação! Volte sempre!

Like us on Facebook