Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2016

Meu relato sobre assistência domiciliar pós-parto

A mãe é aquela que cuida e muitas vezes não encontra quem cuide dela. É também aquela que vive uma nova vida com a chegada de um filho, mas não sabe muito bem como lidar com tudo isso. Nessa hora, o que ela quer é receber carinho, apoio e orientação. Ela quer se sentir amparada, motivada. Não sou mãe de primeira viagem, mas posso dizer que esses sentimentos não mudam, independentemente da experiência que se tenha. Cada filho é um novo mistério e é capaz de mudar toda a rotina de uma família. Maternar é difícil. Maternar com assistência torna o aprendizado diário mais leve. 
Quando meu filho nasceu, no último dia dois de julho, minha família passou a receber, até ele completar 1 mês de vida, o carinho da Assiste Baby. Isso, CARINHO. Foi mais que ter em minha casa as orientações de profissionais de diversas áreas (pediatria, enfermagem, nutrição, psicologia, fonoaudiologia e fisioterapia), foi mais do que ter um atendimento personalizado, foi uma experiência que gerou em mim um sentiment…

A chegada do meu filho

Meu filho veio ao mundo no último dia 2 de julho, exatamente 1 ano de 7 meses depois da irmãzinha - ela é de 2 de dezembro de 2014. Nem acredito que já faz um mês que ele chegou, dando sentindo ao quarto com decoração de carrinhos, enchendo a minha vida de azul, e o meu varal, mais uma vez, de fraldinhas de pano e luvinhas.  




Na véspera do nascimento dele, comentei aqui em casa que estava me sentindo diferente, como se o bebê tivesse encaixado. Comecei a andar com as pernas um pouco mais fechadas, como se pudesse impedir alguma coisa. Tinha naquele dia uma consulta, marcada há uma semana, com minha obstetra, coisa de Deus mesmo. Cheguei lá no final da tarde e comentei o que estava sentindo e qual a minha sensação. Foi feito o exame de toque e constatado: meu filho poderia nascer a qualquer momento, embora o colo do útero estivesse ainda fechado. 

Passei a madrugada sentindo pequenas contrações. Dormi mal, um pouco pelos sintomas, um pouco pela ansiedade. No sábado, após o almoço, as con…