Dicas de mãe

QUINZE dicas sobre como fazer o desfralde

11:12

O desfralde parece ser um bicho-de-sete-cabeças para as mamães de primeira viagem, não é? Pois bem! Este post é para ajudar quem já está prevendo a trabalheira! Listei aqui 15 dicas e vou contar como foi a experiência com meus fraldinhas. Venha comigo!  


Foto: Michele Brito

1. Deixe que seu filho te veja indo ao banheiro. A criança costuma se espelhar nos pais e vai achar natural usar o vaso sanitário se também os vê usando. 

2.Minha opinião: respeite o tempo da criança, que pode ser até os três anos de idade para o desfralde diurno. O processo ocorre de maneira mais natural, orgânica, pra ela. Há quem diga que quando a criança já sabe pular, já tem também o controle do esfíncter e pode ser desfraldada. Bem, cada mãe toma as suas decisões, né? Vi gente que começou o desfralde dos filhos muito cedo e o processo foi extremamente cansativo, com duração de meses, com bastante sujeira em colchão e sofá, além de muito desgaste e frustração para todos, pais e crianças. Por tudo isso, resolvi esperar. Você percebe que a criança vai crescendo e começa a ficar agoniada com a fralda cheia, com o bumbum sujo... Aqui em casa, mesmo sem a verbalização adequada, por conta da idade, eu expliquei que o cocô era marrom e saia do bumbum, e o xixi era amarelo, líquido, e saia da "leleca"/pintinho. Fiz assim para que meus filhos pudessem entender qual necessidade fisiológica tinham e se expressassem melhor. Bem, resolvendo esperar mais ou optando por desfraldar logo, não desista deste post, tem dica gerais para o desfralde, ok? hahaha

3. Quando você perceber esse incômodo da criança com o uso da fralda, ou quando você decidir que já é a hora de desfraldar, converse com ela sobre parar de usar fralda e de como vai ser legal essa mudança!

4. Leve a criança para comprar calcinhas/cuequinhas com você! Ela pode escolher aquelas com os personagens que mais gosta e aí vai passar a achar a ideia do desfralde bem divertida.

5. Compre penico, redutor de vaso sanitário e banquinho de acesso ao vaso sanitário. Seu filho pode se sentir mais à vontade para usar um ou outro. Com mais "independência", depois, ele passará a ir ao vaso sozinho. 

6. A criança deve saber tirar e vestir a roupa só. Quando ela estiver com vontade, mesmo sem sua ajuda, ela pode correr para o banheiro. 

7. Deixe-a com pouca roupa e explique que quando ela tiver vontade de fazer xixi ou cocô, deve ir ao banheiro. Além disso, você pode estipular um tempo de 15 minutos, por exemplo, para levá-la, fazendo um condicionamento. No início, ela vai fazer na calcinha/cueca, no chão, no meio da caminho, fora do penico, no seu colo... Enfim, é preciso ter paciência. 

8. Não grite ou demonstre irritação quando a criança não conseguir ir ao banheiro corretamente. Contudo, você pode fazer uma cara de "poxa, não foi dessa vez", e encorajá-la para a próxima tentativa. E quando ela conseguir fazer no lugar certo, comemore! E muito! Ela vai amar a sensação e vai se sentir mais estimulada a fazer tudo direitinho de novo. Vale também premiar o seu pequeno com adesivos, que podem ser colados numa parece do banheiro a cada vez que ele acertar ir ao banheiro.

9. Prefira desfraldar no verão. Assim, a criança pode ficar com menos roupa em casa e a incidência urinária será menor, porque ela estará suando mais. Lembre-se também de oferecer uma alimentação balanceada, para que a criança não tenha prisão de ventre, por exemplo, e tudo ocorra de maneira mais tranquila. 

10. Para incentivar o desfralde, coloque ao lado dela, no banheiro, um bonequinho também sentado num penico. 

11. Você também pode colocar a criança para assistir desenhos animados sobre o assunto (há vários na internet) e também comprar livros infantis sobre desfralde e ler pra ela. Com meu filho, o desenho animado não funcionou. Ele achava interessante, pedia para ver várias vezes, mas como não conseguia desfraldar, ficava frustrado e chorava. Desisti dos desenhos. 

12. O desfralde noturno costuma demorar mais para acontecer. O controle do esfíncter durante o dia é diferente do controle à noite. Às vezes, a criança entra num estado de relaxamento tão grande ao dormir, que libera o xixi. Aqui em casa, como os dois estavam "mais maduros", o desfralde noturno não demorou muito para acontecer após o desfralde diurno. Na verdade, aconteceu poucos dias depois. No início, as fraldas ficavam em parte cheias. Com pouco tempo, acordavam sequinhas. Esperei só mais um pouquinho para evitar acidentes, e depois tirei de vez. Foi muito tranquilo!

13. Muitas pessoas adotam a estratégia de pegar a criança à noite, dormindo, para fazer o xixi, evitando o escape na cama. Isso atrapalha o sono da criança! É melhor deixar de fralda e observar diariamente, como eu contei no tópico anterior.

14. Muitas vezes o desfralde do cocô não acontece no mesmo tempo do xixi. No caso da minha filha, o desfralde foi simultâneo. Com meu filho, foi mais trabalhoso. Ele achava estranha a sensação de "liberar" o cocô no vaso. Evitava ir até o banheiro, chorava, e algumas vezes fez na cueca. Poucos dias depois, já estava todo esperto! Ah! dizem que meninos costumam demorar mais para desfraldar do que as meninas.

15. Essa dica é de ouro: você também deve estar preparada para o desfralde! Não é aconselhável começar o processo, por exemplo, na véspera de uma viagem de férias, durante uma mudança ou de algum outro acontecimento importante, que mude a rotina da criança ou da família. Se você estiver muito atarefada ou preocupada com alguma outra coisa, o desfralde vai ser mais um motivo de estresse para todos! 


Respire fundo!  Parece terrível no início, e até impossível às vezes, mas antes do que você imagina, o desfralde vai acontecer. 


Postei vídeo no instagram sobre desfralde! Confira lá: @blog.essamae 


Leia também:







You Might Also Like

0 comentários

Que bom ter a sua participação! Volte sempre!